segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Fogo, fogo!!!!!

"Meu estomagão amanheceu pegando fogo! Fogo! Foooogo! Foi uma comida que azedou dentro de mim e que me deixou assim!!!!"

Daria até uma paródia da música da Gal Costa, mas não anda tão engraçado assim pra mim, não. A "tcharna" aqui tá acordada desde as 3 e meia da matina. É uma espécie de refluxo ácido que juro, nunca senti antes em toda a minha vida. Suspeito fortemente que a combinação de alimentos de ontem tenha sido a verdadeira vilã da história. Ou simplesmente a condição de grávida que já nem sabe mais onde fica seu estômago, tampouco como ele trabalha.
Tudo começou no sábado. Eu fui dormir às duas da matina. Estava agitada demais pelo dia longo, e pelo que havia de vir. No domingo, terrivelmente exaustos, eu e meu marido acordamos muito tarde. Por causa do horário, nosso almoço foi leite e pão. Já comecei então a sentir algum desconforto estomacal. É como se o dito-cujo não esvaziasse nunca.
Lá pelas 7 da noite, fiz um bolo de limão, por sinal maravilhosoooo! E não pensava em comer nada mais. Mas o Flávio chegou da rua com um beirute quentinho e perfumado. E eu mandei ver (mesmo com a restrição de sal, também acho que não mata um escorregãozinho de vez em quando). Regado a suco de tangerina (aqueles que a gente compra a garrafa do suco concentrado, para diluir). E depois, como se não bastasse, comi duas fatias muito grossas do bolo. Não tinha sentido nada de alarmante. Até as 3 da matina. Acordei como se tivesse engolido uma bola de fogo. Ou melhor. Acordei como se tivesse chupado lava direto do olho de um vulcão.  Como não tenho antiácidos em casa (acredite, eu nunca precisei), tomei água. Aí eu consegui piorar a coisa. Não consegui mais deitar como uma pessoa normal, pois começaram sessões de refluxo. Dormir, nem pensar. 
E pela manhã, não consegui tomar o desjejum. Estou aqui pegando fogo. Já tentei vomitar, mas eu tenho até medo. Essa coisa ardente, se passar pela minha garganta, vai levar até as pregas vocais embora. Acho que tomei um pote de soda cáustica, só pode ser.
Não dá para descrever a sensação. Claro que já tive azia. Sei o que é. Mas isso aqui é falta de respeito. É forte, é nocivo. Do tipo: "se correr o bicho pega, se ficar o bicho come". Não sei se vomito o resto ou se tento acabar de digerir isso tudo. Desconfio que meu estômago não dê conta nem em mil anos. Mas não estou com coragem de mandar pra fora. É terrível!
Alguém aí tem alguma dica???


PS.: continuo sem poder deitar, com quinhentos e trinta e sete travesseiros sob minhas costas.
PS 2.:  tomei antiácido e até agora, 15h20 da tarde, nada aconteceu. 
PS 3.: coloquei aqui um vídeo de um desenho do Pica-Pau, onde uma entidade de Bali (Moloch) solta fogo pela boca. Veio a calhar...

12 comentários:

Lica disse...

ahahahaha..ai amiga, desculpe pelos risos, mas seu texto tá mega engraçado...
É, deve ser terrível isso mesmo....Será que leite puro não melhora????

Bjinhusss e melhoras!

Adriana Bandeira disse...

Leite, Lica??? Será que não vai coalhar aqui dentro?

Kel disse...

Ai tadinha amiga, mas bem vinda ao clube viu hehehehehehe
Olha minha dica é chá de erva doce bem, bem gelado, sempre funciona comigo e tb funcionou com minha prima......

bjs doces e manera na boca hj viu heheheheheheh

Adriana Bandeira disse...

Kel, vou tentar o chá. Quanto a comer... nem pensar, ainda estou sem café da manhã (tomo às 7 todo dia)... dentro do estômago, apenas a lava do Vesúvio mesmo!

Néinha Figueiredo. disse...

Ai Adriana, qq hora vc me mata de rir kkk.
Pelos posts cada semana alguma coisa pega fogo por aí né kkkkkkkkk.
Amiga AGUA COM GÁS BEM GELADA!

Bjs nossos e uma linda semana!

Kat disse...

Huhauahuahauahuahauhauah
Ai Dri, sorry amore, mas não tem como não rir kkkkkkkk. Sabe pq?? PQ ESTOU PASSANDO PELO MESMO POBREMA KKKKKKK Menina até postei isso no meu blog!!! Desde ontem tô numa azia de dá dó...Acordei parecendo q comi 1 kg de tijolo e a sensação é q meu estômago não esvazia nunca! Acordei assim DE NOVO hj, comi meio misto quente, 1 yakult e algumas acerolas, foi tudo q meu estomago comportou! E paree q a comida não desce, parou na boca do estômago e ali ficou estagnada kkkkkkkkkkkkk. Me disseram q é bom água com gás (beeem gelada) com umas umas rodelas de limão. O jeito é tentar amore kkkkk. Bjo no tum tum.

Adriana Bandeira disse...

Neinha, o fogo vem subindo semanalmente, de baixo pra cima...não sei qual está sendo pior. Eita!

Kat, ontem eu ri de vc e hoje vc ri de mim. Assim caminha a humanidade!

Pai Pobre disse...

Hey.... Mas beirute não tem muita gordura?
Eu que não sou quem carrega nosso bebé se comer algo frito ou com gordura fico com estômago virado numa tocha... hahaa
Melhoras aí heim... se cuida!!!

Pai Pobre disse...

Ah... mostra meu último Post para seu marido hahahaha.... quem sabe daqui uns dias ele não toma coragem.. Abcs

Adriana Bandeira disse...

Não, Will. Beirute leva alface, tomate e rosbife, tudo no pão sírio. É leve, levando em conta o lixo culinário existente por aí. Sei lá o que me deu. Também não culpo o pobre coitado, mesmo porque eu já sentia algo estranho antes mesmo de botar o beirute na boca. O maridão já me trouxe o remédio (indicado pelo GO em caso de azia) mas até agora não resolveu. Estou pensando em chupar um extintor de pó químico direto no bico, o que acha???
Ahh, e esse pudim que não me sai da cabeça!!!!!!

Rafaella disse...

Ai Dri que nada, deve ter sido o tomatinho do beirute que não tava bom....


rsss

Adriana Bandeira disse...

Bom... voltei para contar que:
- tomei Milanta e não resolveu;
- chupei gelo e não resolveu;
- tomei chá de erva-doce bem geladinho e não resolveu;
- tomei litros de água e só fiz xixi aos montes, mas não resolveu;
- tentei deitar feito pessoa normal e a coisa veio pra garganta... e minha mãe ao telefone disse que quando estava grávida e euzinha aqui, sentiu a mesma coisa e não tinha nada que aliviasse o VINAGRÃO (termo usado por ela pra definir o ardume). E falou pra eu me conformar, pq na reta final é assim mesmo, uma droooga!
Alguém aí tem um extintor???