segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Dia de comemorar!!!!

Caramba! A semana começa a todo vapor. Depois de um domingo difícil (acordei mega pra baixo, não passei muito bem - depois eu conto - e ainda por cima, acabei chorando com filme de animação), a segundona começa toda cheia de novidade.
A primeira é que hoje, com 26 semanas e 4 dias, eu deixo pra trás o 6º mês de gestação, completinho, pra iniciar o 7º. Putisgrila, a coisa tá indo numa rapidez assustadora! E eu cada minuto mais pesada e patonilda.
E para coroar, hoje rolou a minha perícia no INSS. Pra quem não sabe, o médico GO, aliás, dois ginecobstetras, me afastaram de trabalho - dentro e FORA de casa. Então, o problema era na perícia, pois dizem que tem muito perito que "dorme com a bunda descoberta" e sai indeferindo pedido de afastamento. Claro que eu sabia que nenhum perito seria louco o suficiente pra segurar essa batata quente que eu me transformei, mas a gente sempre fica com um pé atrás. Não posso dizer que estava calminha. Na perícia, com uma Metildopa na cabeça e tudo, minha PA estava em 14 x 8, não tão baixa quanto reza a bíblia, mas nada pra preocupar também. Mas no fim das contas tudo se resolveu. E eu graças a Deus tenho meu anjo da guarda me levando pra todo canto, pois não posso dirigir. E por falar em dirigir, hoje o motor de partida do Celtinha foi pro quiabo. Vai custar pelo menos metade do preço da cômoda do Miguel, que nem comprei ainda... bão tamém. Falando em bão tamém, sábado eu me meti no carro e fui visitar a famiage. Fiquei 95% do tempo recostadinha na minha antiga cama. Enquanto isso, um festival de coisas lindas iam sendo mostradas. Tudo pro Miguelim! Fraldas pintadas, estampadas, crocheteadas, bordadas, panos de boca, manta, cueiros, toalhas de banho, uma infinidade de mimos pro meu meninão. Que delícia! E aqui em Jaú ainda rolaram umas camisetinhas tipo regata. Adoreiii!

O problema maior foi ontem. Eu tive a prova, por A + B, de que não posso sair de casa mesmo. Olha só que bobagem: eu tive uma vontade medonha de sorvete. Então o Flávio me levou à sorveteria (não, Pedro Bó, aquilo era um açougue). Mandei duas rodadas daquela maravilha pra baixo, era muito sorvete. Provei de capuccino, leite Ninho, sensação, amarula, Ferrero Rocher, leite Ninho trufado, coco branco, dois bombons, calda quente de chocolate ao leite, calda quente de crocante e chocolate branco, castanhas moídas, cerejas em calda e muuuuuuito chantilly. Não teve uma viva alma que não ficou olhando pro meu caixote de sorvete. Sabe o "cara-crachá" da Zorra Total? Comigo foi: "pança-sorvete, pança-sorvete".Hahahahahahahahha!
O problema foi que a pastelona aqui exagerou na quantidade e aí que tudo começou. A barriga triplicou o peso, a ânsia bateu forte. E antes de ir pra casa, resolvemos passar na Americanas pra ver preço de fralda. Pra quê!?! Minha barriga queimava e eu tive tontura. Sentei-me num banco e assim que a vertigem passou, pedi pra ir pra casa. Consegui dormir mais de 1 da matina. E a noite foi medonha. Tive dores, barriga repuxando, eu jurava que Miguel nasceria ontem mesmo. E fiquei ali deitada bem quietinha, prestando atenção nos sintomas. Graças a Deus foi um susto. E aprendi de uma vez por todas, meu lugar é na cama, eu gostando ou não.

3 comentários:

Rafaella disse...

Ah, pronto, agora que quer todo esse sorvete sou eu e nem to grávida rs.

Néinha Figueiredo. disse...

Ai Adriana nao abusa nao...
Eu fiz essa besteira tbem viu!
Comecei a faxinar minha casa sexta a noite, mas chegou visita aqui e parei.
No sabado de manha, lavei minha casa, liralmente, chao, e azuleijos, depois a tarde fui fazer compras para o cha de bebe.
Qndo cheguei no mercado comecei a sentir dores nas costas e fortes fisgadas bem lá...q arrependimento e medo viu?
Qndo acordei no domingo, minha barriga tinha abaixado e muito, era notável, detalhe: Dia do cha.
Senti as fisgadas no domingo todo.
Ai hj fiquei aqui bem quietinha rs,rs...nao senti nada.
Graças a Deus jurei q vou me comportar rs...

Bjs nossos!

Adriana Bandeira disse...

G-zuis, que essa muierada não dorme! Primeiramente, obrigada pela visita!
Rafa, eu juro que engordei os 3 kg que me restavam com todo aquele sorvete, uma verdadeira perdição...
Ai, Neinha, que baita susto. E eu também tive essa dor aí que você disse, parece que a gente está sentando num espeto de churrasco, né? Hahahahahahah! Eu não estou mais fazendo trabalhos domésticos, no máximo ajudo meu marido da seguinte forma: no sábado,passo um espanador e lustra móveis nos móveis, boto as roupas na máquina e lavo as louças do banheiro. E só isso. Aspirador, pano no chão, lavar quintal e banheiro, fora de cogitação. E no último domingo eu descobri que não é indicado andar! Meu Deus, justo eu que sempre fui um corisco, está super complicado ficar na cama! Mas depois de tudo, eu também jurei que vou me comportar, ou o Miguel chega muito antes que o necessário. E se algo de ruim acontecer (bate na madeira) eu jamais vou me perdoar! Então, amiga, vamos nos cuidar mesmo!!!!!!!!