segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Uma puta pediatra

Final de semana passou sem grandes novidades. No domingo, me senti um tanto melhor, até fui ao mercado. Deixei o Miguel com a avó, mas fui às compras morrendo de remorso pelo "abandono". Quase chorei ao retomá-lo em meus braços. Poxa, que saudadona do meu popopóco!

Hoje minha maratona começou bem cedo. Às 5:30, Miguelito acordou com a tocha acesa, pedindo tetão. E lá vou eu, toda solícita, alimentar o filhote. Às 6:30 eu precisava estar pronta para sair, consulta às 7:00.
Hoje a GO estava uma cruza de cavala, égua e Maguila. A bicha tava dando coice até no ar. Mal amada. Bem que tem fama... Disse que minha anemia é normal (aham, uma praga minha jogada no lombo dela seria normal também) e que era esperado que eu tivesse (aham, sei). E que pra isso eu estava tomando o Damater. Continuasse tomando e pronto. Arre égua! Literalmente!
Resumo da ópera, olhou minha barriga, que mais parece um avental de massa de pão de tão muxiba, e mandou que eu tirasse os pontos. Bom, pelo menos isso. Já estou livre da costura. E para minha anemia, não receitou nada. Fiquei tão assim com cara de cueca suja, que nem fiz aquele monte de perguntas que eu tanto ensaiei. Quero saber quando posso voltar a dirigir, sobre meus cabelos, que eu queria tanto dar um trato... mas eu fiquei foi querendo... devo retornar ainda no final do meu resguardo, em janeiro.
Daí, saindo do ambulatório, fui a um PAS marcar a primeira consulta do Miguel. Enquanto a UNIMED dele não sai, preciso me garantir pelo SUS mesmo. Mas que decepção. Consulta marcada para as 14:00 com uma pediatra, tal de Drª Ana Paula. Caderninho de anotações cheinho de dúvidas, a expectativa de um profissional olhando meu pequeno e me dizendo: "Está tudo bem com ele, mãe".
Pois chego ao postinho de saúde na hora certa. Um calor dos diabos, esse menino suando e pedindo tetão no meio do povo. A um certo momento, a minha barriga começou a doer, junto com a cabeça. O tempo foi passando, até que DUAS horas depois, chega uma atendente do postinho com aquela cara de cachorro que levou chute, pedindo mil desculpas, mas "a pediatra mandou avisar que não vem hoje".
Que puta pediatra, que pediatra puta! Esperar tudo isso pra avisar que não vai atender? Quem ela pensa que é? Taqueospariu! Na piooooor das hipóteses, fala logo de cara que não vai rolar, aí a gente chega lá e já vira nos pés. Mas não. Amargando horas sentada naquelas cadeiras de "prásqui" duras feito piroca de tarado, com sede, calor, no meu caso dor, os bebês recém nascidos, é uma judieira sem tamanho!
Não quero ser injusta generalizando, porque mesmo no SUS existem profissionais de primeira linha, humanos e que respeitam o próximo. Mas dá pra contar nos dedos. Toda vez que precisei ir a essa policlínica, sempre tive uma decepção. Ou uma palavra meio atravessada, cara feia, ou atrasos. Até então eu aguentei. Mas com o filho da gente, não dá mesmo...Remarquei para amanhã, às 12:30, com um tal de Dr. Armando, que "além de ser bom médico, não atrasa". É, vamo vê esse tróço aí se funciona mesmo.
Blééééérrr!
Enquanto o plano de saúde do Mimi não sai, o jeito é se sujeitar...

7 comentários:

Cláudia Leite disse...

oi Dri,

Já te sentí um pouco melhor hoje... nada como a velha Dri (não, não disse isso) com seus posts que nos fazem rachar o bico!
Mas é sério, vc se sente um tiquim melhor já neh?

Quando vamos a uma consulta e aguardamos algo que não acontece parece mesmo que as perguntas nos fogem... desistimos na hora de tirar as dúvidas e queremos só sair correndo.

Vcs estão tendo que passar por isso com o pediatra no SUS, mas logo logo Miguel estará mais tranquilo, pois Unimed é bom!

Vcs deram entrada no plano quando? Pois ao fazer novas inclusões o plano passa- na verdade eles PODEM passar- na hora (ou em no máximo 48 hs) uma numeração do cartão, caso seja necessário passa por algum procedimento de emergência (daí é só apresentar a numeração e a certidão de nascimento) ou vc pode marcar a consulta com o pediatra, assim quando chegar a carteirinha não terá que agendar ainda... agiliza um pouco sabe?
E alguns consultórios aceitam só essa numeração para consulta, que na verdade é a numeração da carterinha (que demora para ser emitida).

Digo isso porque sou do RH da empresa e já lidei com diversos convênios empresarais... mas particulares também devem ser assim.

Bjão pra nova mamis e pro Miguel!

Rênata Sakura disse...

Affe, eu ia morrer de raiva!!!! putz, odeio quando eles fazem isso! e essa medica sua fez igualzinho o outro GO F.D.P nem deixou eu perguntar nada e se jogou, affe tá precario mesmo hj em dia!!

bom, boa sorte na proxima consulta ne!

beijo dri

Máh disse...

Olá! Pelo post parece que vc está um pouco melhor não é?!
O seu post já voltou a nos fazer dar boas risadas... seu senso de humor retornou! Adorei "cruza de cavala com égua e Maguila"...
Que bom que tudo está se encaixando e vc pode se deliciar da companhia do seu filhote!
Beijo

Karina disse...

Aí que odio....!!! MAs como você disse, se é para os pequenos engolimos e seguimos em frente...rs!!

Bjosss

Janahhh disse...

cada uma que aprontam com a gente né o convenio do Henrique é unimed e encontrei o pediatra simplesmente maravilhoso onde vc mora ? beijocas

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

Poxa que situação desnecessária essa heim Dri.
Um tremendo absurdo isso, poxa, você estava com um bebezinho de semanas, falta de consideração.

Infelizmente acontece.

Mas dará tudo certo na nova consulta com o Dr Armando.

Boa sorte, que você melhore esses incômodos pós cesária. Tive normal mas o féla da polícia do ogro do obstétra que fez meu parto no hospital público fez episio com apenas 30 minutos de parto e incomodou bastante depois.

E ainda nos chamam de sexo frágil...

somos muito fortes!!!

um bjãoooooooooo

Mamãe Monalisa disse...

Infelizmente esse é o caos da saúde pública no Brasil. Sempre tem umas peças assim, claro que como você disse, se salvam um pequena minoria.
O pior é saber que somos nós quem financiamos toda esse sistema, e na hora em que mais precisamos dele, somos os que menos desfrutamos.

Isso é uma vergonha!

Beijos.