terça-feira, 5 de outubro de 2010

E agora, José?

Algumas postagens atrás, na semana passada, eu escrevi sobre a saga do Auxílio Doença. Xinguei, esbravejei. Diminuiram absurdamente meus rendimentos a uma mixaria que juro, tenho vontade de picar e fazer salada (pra não falar em coisas de conotação picante, tipo enrolar e, ops!)... A gente contribui a vida toda em cima daquilo que a gente ganha, nunca menos. Na hora de receber, aquela decepção e o dinheirinho suado investido ali fica apenas na lembrança.

Pois bem. Se estava ruim, agora está o Ó DO BOROGODÓ. Vou explicar. 
O que é, o que é: semana passada começou praticamente no país todo, vive acontecendo anualmente, e que prejudica a população na hora de receber seus rendimentos (mas nunca pra pagar as dívidas - que engraçado)? Dou um doce se você responder corretamente...





A greve dos bancários. E o que tem a ver uma coisa com a outra?
Simples, minha cara amiga leitora... Eu teria que levar uma espécie de ordem de pagamento ao banco e sacar o malefício "benefício" na boca do caixa. A grana me foi enviada a um banco onde não tenho conta, logo não possuo cartão magnético e nenhuma alternativa a não ser sentar e esperar a vontade dos bacanais. Os dias correndo livremente, as contas vencendo, cheques começando a cair, a gravidez na reta final e um monte de coisas essenciais a comprar. Enquanto isso, os bancários coçando a bunda. E se eu, se você, funcionários de empresas privadas, micro, pequenas, médias empresas, resolvessemos parar com nossas atividades "porque o feijão da cesta básica não cozinha rápido", ou porque "eu queria caviar no lanche da tarde". Seria RUA na certa... Ora, faça-me o favor, né? Reivindicar direitos é muito necessário. Mas então que seja feito de forma que não prejudique terceiros que nada tem a ver com o assunto.
O engraçado é que procurando alternativas para que eu não ficasse no prejuízo por não haver expediente bancário, encontrei apenas as mil e uma maneiras de pagar boletos, bloquetos, empréstimos e contas em geral, compensação de cheques e etc. Agora pergunta que opção tem o velhinho que precisa retirar o dinheiro da aposentadoria na boca do caixa, quem foi demitido e precisa dar entrada no seguro desemprego, quem precisa descontar um cheque por não poder depositar em conta, dar entrada na papelada da casa própria, ou quem como eu, tem o auxílio doença a receber num banco totalmente estranho. O que existe para nosso benefício? Bulhufas! Pra gente, resta apenas a indignação e se sobrou uns trocados do mês anterior, passar em uma lojinha de artigos para festa e comprar um belo e redondo nariz de palhaço.E vou me informar se me resta também a opção de mandar um processo na cabeça dessa entidade avacalhada que é o BANCO. Porque eu vou processar sim.
Enquanto isso, com tudo o que tenho pela frente e sem um real na carteira, eu me pergunto:
E AGOOOORA, JOSÉ???

6 comentários:

Cláudia Leite disse...

oi Dri,

Te enconteri no blog da Kat, posso te seguir? Estou com gestação de 7 semanas e também adoro gatos, acho que encontrarei muita informação aqui com vc... quero voltar pra ler tudinho!
Logo agora com tanta coisa pra se preocupar essa greve atrapalha tanto...

bjo!

Adriana Bandeira disse...

Se pode??? Deve, Claudinha! E seja bem vinda, aqui tem comédia, drama, informação, besteirol, e o dia-a-dia de uma mamãezinha fresquinha, fresquinha!!!! Vou amar compartilhar com você! E claro, to indo seguir seu blog também!!!

Bem vinda, bem vinda!
Beijolinhas da Didi e do Mimi!!!!

Kat disse...

Driiii vc tá no blog da Claudinha tb!
Menina minha história com a Claudinha é engraçada! Nos conhecemos no fórum do site baby center, paramos de tomar ac praticamente no mesmo dia, e nossos períodos férteis eram iguais, e detalhe, após anos de ac, foi nossa primeira tentativa, e na primeira vez q dormimos sem calcinha foi batata kkkkkkkkkkkkkk.
Amiga , sobre o E agora José? Nem sei q te dizer pq tb não estou nos meus melhores dias, hj o enjoo veio a cavalo q nem fui trabalhar affff to me sentindo uma inutil, chata , nem eu mesma me aguento hohohohoh. Só espero de coraçào amiga, q tudo se resolva, começa reslveno os probleminhas mais simples e os mais graves as soluções vào aparecendo, tenha fé. Bjim em vc e em Mimi

faride disse...

driiiiiiiiiiiii, seu blog tá uma delícia, querida.
to me acabando de tanto rir aqui. não adianta, ainda q falando sério, vc é muuuuuuito engraçada.
virei sempre aqui. to adorando.
bjoooooooooooooossssssssssssssssssssssssssss

Rafa ღ disse...

Dri, essa foto do macaco tá demais. rs

É Brasil né?

Vocês estão sempre nas minhas orações.
Beijo

Adriana Bandeira disse...

A Faridoca ama rir da desgraça alheia... hahahahahahahahaha!

Faride, bem vinda!
Kat, sua amiga me descobriu. Já li tudo lá no blog dela, imagina que não, né?
Rafinha, obrigada pela força!!!