sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Até tu, Brutus?

Ontem fui ao banco acertar uns detalhes do financiamento da nossa construção e bem na porta, encontrei um antigo patrão, que me recebeu com alegria. Trabalhei com ele nos anos 2002 e 2003, numa emissora de rádio local. Naquela época, eu era assim:
Olha eu aí em pé, de blusa verde, recepcionando uma turma de estudantes, dentro do estúdio da rádio, em 2002.

Logo mais, à noite, conversando com o Flávio, comentei do encontro. Segue o diálogo:
"- Então, Flávio. Você não sabe quem eu encontrei lá na porta da Caixa...
- Quem?
- O Hailton #%($U*   (obviamente não publicarei o sobrenome dele).
- Nossa, o cara tinha sumido. E ele, te reconheceu?
- Claro que sim, por que não reconheceria?

E o Flávio responde com toda propriedade deste mundo:
- É porque você tá bitela."

*(bitela = gorda, grande, parruda)


... ... ... ...

Em meus mais profundos desejos, a essa hora ele estaria numa cama de hospital, bem assim:

13 comentários:

carla disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ju Silva disse...

Nossos maridos e suas pérolas kkkk

Lica disse...

ahahahaha! Ai amiga, não tem jeito...Vira e mexe meu marido solta umas assim tmb....Mas blz,já estou até acostumando...rs
Bjosss pre vcs e bom fds!

Néinha Figueiredo. disse...

Adriana, vc é a melhor! kkk
Vamos para o encontro vai?
Bjs.

Cláudia Leite disse...

Dri, maridos não pensam...
A Néinha está te chamando por encontro entre comadres? Seria mara se vc fosse!

bjo

Andrea Fregnani disse...

hauhuahuahuahu parruda foi engraçado, e meu marido mooorre de medo do que me fala desde a época que namorávamos e eu estava nervosa e ele perguntou se eue stava na TPM, imagina né, perguntar isso pra uma mulher, hoje em dia ele pode desconfiar mas fica quietinho huahuahua
bjs

Maya Segers disse...

ai que raivaaaaaaaaaaaaa
e que bom que vc nao se importa rsrs

beijos

Adriana Bandeira disse...

Claro que me importo, Maya...fico brava, fico triste, mas vou ter que escutar isso muito ainda.

Claudinha e Neinha, seria bom ir ao encontro, mas eu moro a 300km da capital, fora de cogitação. Uma pena, né?
Bjs a vcs!

Muriel Coelho disse...

Putz...ninguem merece. Mas te entendo, aqui não é diferente. Eu era muito magra qdo conheci meu marido. Quem vê pensa q ele não aumentou tb... É froids!!!
bjs

Larissa Xavier disse...

ah eu tbm tenho vontade de matar qdo vem com esses comentariozinhos ' sem fundamento ' rsrsrs

bjocas e olha não acabe com ele agora, o Miguel precisa do papai rsrsrs

Jorgea disse...

vontade de matar né... queria ver se fosse os bonitos que engravidassem e engordassem vários kilos.

bjs

Lu disse...

Vc que está no meio da mudança e eu que sumo. Uma vida louca a minha nestes tempos de adaptação no retorno do trabalho com um fiotinho na minha vida... mas vamos lá aos comentários.
ESte post: vc pode não ter quebrado todo o maledeto, mas um soco vc deu né?
Post passado: precisando de mim pode contar, sempre! Sabe o que a gente podia combinar no tempo que vc vai ficar sumida da net? Cartas, dessas antigoooonas de correios mesmo, o que acha?
Post mais antigo: vcs são extremamente corajosos de meter a cara e construir assim, eu já te disse, não tinha coragem! E sabe, talvez depois de tudo que passaram, do perrengue todo estar na casa nova traga um novo alento, novos ares, nova fase. Vai com o coração aberto, esperando o melhor!

Beeeeijão pra vc e pro Miguel lindão que já fica em pé!! (O Gu preguiçoso não quer nem saber disso, nem fazendo flexão ele tá, no máximo fica de bruços levantando a cabeça pra ver clipe da galinha pintadinha no note....)

Renata Clessan disse...

kkkkkkkkkk
qta insensibilidade... como diz a mulher da propaganda da Marisa:eles nem sabem o q se passa em nosso coração numa hora dessas....
tem q rir p não chorar...
bjusssss